Patrulha canina: cães Apollo e Black da PF encontram 60 kg de cocaína

Ações simultâneas aconteceram, em Seropédica, no RJ, e em Lima Duarte, em Minas Gerais. Nas duas situações, três pessoas acabaram presas

atualizado 08/01/2022 12:42

Divulgação

Rio de Janeiro – Em duas ações deflagradas pela Polícia Federal simultaneamente em Seropédica, no Rio de Janeiro, e em Lima Duarte, Minas Gerais, três pessoas foram presas depois que os agentes caninos Apollo e Black localizaram 60 kg de cocaína. A quantidade é avaliada em cerca de R$ 7,5 milhões. As ações foram coordenadas pela Delegacia de Repressão à Drogas.

Na primeira ação, em Seropédica, os policiais federais prenderam duas mulheres, em um ônibus, transportando cerca de 37 kg da droga.

A droga foi identificada quando o ônibus passava pela Rodovia Presidente Dutra, na altura do pedágio. O material estava escondido nas malas das passageiras, que saíram de São Paulo com destino ao Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro.

Lima Duarte

Já na segunda ação, os federais confirmaram a denúncia de que haveria transporte da carga pela Rodovia 267, no Estado de Minas Gerais. A partir daí, foi montada a barreira em Lima Duarte, para a fiscalização em veículos na Rodovia.

Ao abordarem um Citröen que transitava em alta velocidade, Black encontrou 25 tabletes de cocaína (cerca de 26 kg) e uma amostra de maconha, ocultos no interior do painel do veículo.

0

Os materiais apreendidos e os três presos em flagrante foram encaminhados às sedes da Polícia Federal nos dois estados. A pena para o crime de tráfico de drogas pode chegar a 15 anos de prisão.

Mais lidas
Últimas notícias