Oswaldo Eustáquio é transferido para hospital no Paranoá para tratar coluna

Blogueiro bolsonarista foi transferido para o Hospital Regional Leste, no Paranoá, nesta quarta-feira (23/12)

atualizado 23/12/2020 12:50

Igo Estrela/Metrópoles

O blogueiro Oswaldo Eustáquio, que estava internado no Hospital de Base de Brasília, foi transferido para o Hospital Regional Leste, no Paranoá, nesta quarta-feira (23/12), para ser tratado por médicos especialistas em coluna.

As informações foram confirmadas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Oswaldo estava internado no Hospital de Base desde o último dia 21 de dezembro, após um acidente dentro da cela da Papuda.

O blogueiro bolsonarista estava preso desde o último dia 18 de dezembro, por descumprir restrições impostas pelo ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Segundo o Iges-DF, Oswaldo está sendo medicado, tratado e acompanhado por “equipes médicas especializadas, as mesmas que atendem os demais internos”.

Na última terça-feira (22/12), ele foi transferido para o Hospital Universitário de Brasília para realizar uma ressonância magnética e identificar a gravidade de uma lesão sofrida na coluna. Segundo a esposa de Eustáquio, Sandra Terena, ele estaria sem o movimento de uma das pernas.

Após o procedimento, Eustáquio retornou ao Hospital de Base, mas já foi transferido para a outra unidade hospitalar no Paranoá.  Segundo o Iges-DF, o blogueiro recebeu visita do advogado, com autorização da Saúde Prisional da Secretaria de Administração Penitenciária do DF (Seape-DF).

Na manhã desta quarta-feira (22/12), Sandra Terena informou ao Metrópoles que estava com dificuldades para receber informações sobre o estado de saúde do marido. “Só o advogado está conseguindo falar com ele. Não tem nenhum boletim, isso é angustiante”, lamentou.

0
Entenda o caso

Eustáquio é investigado no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que se debruça sobre a organização e o financiamento de atos antidemocráticos em Brasília. Após descumprir seguidas vezes as restrições impostas pelo tribunal, ele teve a prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes nas última sexta-feira.

Na tarde de segunda, Oswaldo Eustáquio foi levado por policiais penais do DF ao Hospital de Base, no centro da capital. Segundo a esposa, Sandra Terena, os agentes lhe disseram informalmente que Eustáquio teria se machucado em uma queda do vaso sanitário.

Mais lidas
Últimas notícias