Número de mortos no Jacarezinho sobe para 28, segundo polícia

Polícia explicou que os três "novos óbitos" foram contabilizados apenas nesta sexta (7/5) porque as vítimas faleceram nos hospitais

atualizado 07/05/2021 20:19

Tiroteio no Jacarezinho, Rio de JaneiroBETINHO CASAS NOVAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou, no início da noite desta sexta-feira (7/5), que a operação no Jacarezinho terminou com 28 mortos e não 25, como havia sido divulgado. Entre as vítimas, estão 27 moradores do local e um policial. A informação foi confirmada ao Metrópoles por Allan Turnowski, secretário da corporação.

Segundo a polícia, os três “novos óbitos” foram contabilizados apenas nesta sexta porque as pessoas faleceram dentro dos hospitais, depois de terem sido socorridas. Os nomes ainda não foram divulgados.

0
Confusão do IML

Uma pequena confusão se formou no Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (7/5). Parentes de mortos na operação da Polícia Civil no Jacarezinho, Rio de Janeiro, reclamam que estão há mais de 12 horas esperando pela liberação dos corpos.

“Estou aqui desde cedo e já ficando muito nervosa”, afirmou uma parente de John Jefferson Mendes Rufino, uma das 25 vítimas da ação na comunidade, realizada na manhã de quinta-feira (6/5).

Pressionada, uma perita do IML explicou aos familiares que o procedimento é lento e deve ser feito em vária etapas. “Inclui tirar as digitais, porque muitos chegaram sem identificação, escaneamento no corpo para ver se tem projétil, e se tiver tem que tirar. Tudo está sendo acompanhado também por um perito do Ministério Público. São muitas etapas”, disse a servidora.

Até o momento da publicação da reportagem, sete corpos haviam sido liberados.

Violência

Parentes e amigos dos 24 suspeitos mortos na comunidade do Jacarezinho estão revoltados com a violência da operação da Polícia Civil. Eles lotaram a porta do Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro, onde estão sendo identificados os mortos. Até o início da tarde desta sexta-feira (7/5), sete famílias tinham recebido a certidão de óbito.

Veja quem são as vítimas identificadas:

Carlos Ivan Avelino da Costa Júnior, 32 anos
Clayton da Silva de Freitas Lima, 26 anos
Francisco Fabio Das de Araújo Chaves, 25 anos
Isaac Pinheiro de Oliveira, 22 anos
Jhonatan Araújo da Silva, 18 anos
John Jefferson Mendes Rufino da Silva, 30 anos
Jonas do Carmo, 31 anos
Márcio da Silva, 43 anos
Márcio Manuel da Silva, 41 anos
Maurício Ferreira da Silva, 27 anos
Raí Barreto de Araújo, 19 anos
Richard Gabriel da Silva Ferreira, 23 anos
Romulo Oliveira Lúcio, 20 anos
Toni da Conceição, 30 anos
Wagner Luiz de Magalhães Fagundes, 38 anos
Marlon Santana de Araújo, 23 anos
Nathan Oliveira de Almeida, 21 anos
Rodrigo Paula de Barros, 31 anos
Pablo Araujo de Melo, 27 anos
Omar Pereira da Silva, 21 anos
Evandro Silva dos Santos
Bruno Brasil
Matheus Gomes
Diogo Barbosa Gomes

Últimas notícias