Mulher diz que gata morreu após comer folha de sementes enviadas da China

Até o momento, são oito os estados brasileiros que denunciaram casos semelhantes

atualizado 30/09/2020 16:53

Foto: Reprodução/TV TEM

Marisa Silveira, uma moradora de Itapetininga, em São Paulo, disse, nesta quarta-feira (30/9), que a gata de estimação morreu após ingerir a folha de “sementes misteriosas” que recebeu ao fazer compras on-line em um site chinês.

Até o momento, porém, não há nenhum laudo veterinário ou comprovação científica que ligue a morte às sementes. As informações são do G1.

A mulher conta que fez uma compra de roupas no site chinês e recebeu um envelope antes de as encomendas chegarem. Ela, então, plantou as sementes em um vaso.

“Comprei umas três vezes em um site chinês e acredito que pegaram meu endereço de lá. Não tem outra explicação”, diz Marisa Silveira.

De acordo com a dona, a gatinha comeu as folhas da planta, ficou doente e morreu. Não foi possível identificar a causa da morte.

Marisa Silveira diz que está preocupada: “Plantei e jamais imaginei que poderia ser uma planta tóxica. Agora, estou assustada. A gata comeu e suspeito que pode ser a folha que a intoxicou”, disse.

Orientações do Ministério da Agricultura

Não foi só a moradora de Itapetininga que recebeu as “sementes misteriosas”. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), subiu para 36 o número de brasileiros que receberam o pacote via serviço postal.

Até o momento, são oito os estados que denunciaram o caso. A aparição das sementes misteriosas já foi registrada em São Paulo, Bahia, Pernambuco, Santa Catarina, Goiás, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

A pasta pediu que os brasileiros não abram os pacotes contendo as sementes não solicitadas. “A importação de vegetais sem autorização pode facilitar a entrada de pragas ou doenças que não existem ou estão erradicadas no país, além de causar prejuízos econômicos.”

0

Mais lidas
Últimas notícias