Moradores de SC recebem sementes misteriosas em encomendas da China

A orientação é para não abrir os pacotes, ou, se abertos, não jogar as sementes no lixo – e muito menos plantá-las

atualizado 17/09/2020 13:51

Reprodução/ Redes Sociais

Moradores de Santa Catarina acionaram a Companhia de Desenvolvimento Agrícola (Cidasc) após receberem pelo menos 30 encomendas de sementes misteriosas em encomendas vindas da China, junto com a entrega de produtos comprados pela internet. As informações são do G1.

A Cidasc emitiu um alerta à população e orientou que as sementes não sejam plantadas, porque há a possibilidade de propagação de doenças agrícolas. A orientação é para não abrir os pacotes, não jogar as sementes no lixo, muito menos plantá-las.

A suspeita é de que as sementes sejam de espécies ornamentais e de origem chinesa, mas o material será investigado, pois as identificações nas embalagens podem ser falsas. O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China disse que os envios pareciam falsificados.

O Ministério da Agricultura Agropecuária e Abastecimento (Mapa) foi notificado sobre os casos. Entretanto, a Polícia Federal em SC afirmou que, por ora, não há investigação em andamento.

A primeira denúncia do recebimento das sementes pelo correio foi de um morador da cidade de Jaraguá do Sul. A história foi publicada nas redes sociais e após ganhar repercussão, pelo menos outros 30 moradores acionaram a fiscalização.

Últimas notícias