*
 

O juiz Sérgio Moro decretou, no começo da noite desta quinta-feira (5/4), o início da execução penal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado a 12 anos e 1 mês de reclusão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). No documento, o magistrado veda o uso de algemas no petista “em qualquer hipótese”.

Reprodução

No despacho que determina a prisão do petista, Moro também estipula prazo até as 17h desta sexta-feira (6) para Lula se apresentar de forma voluntária à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR). A decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) ocorre um dia após a negação de habeas corpus pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Uma cela especialmente preparada para Luiz Inácio Lula da Silva espera pelo petista na Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba, o berço da Operação Lava Jato. Na cobertura do prédio de quatro andares no bairro Jardim Santa Cândida, um cômodo que servia de alojamento para policiais de outras cidades em missão na capital paranaense foi transformado, nos últimos dois meses, em cela especial para receber o político.

Decisão de Moro, que mandou prender Lula by Metropoles on Scribd

 

 

COMENTE

moroprisão de Lula
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil