Melão com sangue liga homem a sumiço de gerente de hipermercado

No final da noite dessa quarta-feira, a polícia localizou o corpo da vítima, que havia sido carbonizado e enterrado

Reprodução

atualizado 20/02/2020 16:04

Um melão sujo de sangue, segundo o delegado Antônio André Santos Júnior, titular da Delegacia de Bela Vista de Goiás, deu à polícia a certeza de que o namorado da gerente de supermercado Fernanda Souza Silva, 33 anos, estava envolvido no desaparecimento da trabalhadora, registrado no último dia 13.

No final da noite dessa quarta-feira (19/02/2020), a polícia localizou o corpo da vítima, que havia sido carbonizado e enterrado por Allan Pereira dos Reis, 25, em uma região de mata entre Caldas Novas e Piracanjuba.

Fernanda Souza foi vista com vida pela última vez na noite do último dia 12, quando saiu da casa onde morava, em Bela Vista de Goiás, em seu veículo Fiat Uno de cor vermelha. Após não conseguir contato com a filha, a mãe da gerente procurou a delegacia da cidade e relatou o desaparecimento.

A mulher começou a desconfiar da maneira como supostamente Fernanda respondia as mensagens no WhatsApp.

A reportagem completa pode ser lida no Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias