Grávida escreve nome do suspeito com sangue antes de morrer

Vítima estava grávida de 7 meses e o feto também não resistiu. Homem foi preso horas depois. Delegado busca saber a razão do crime

Reprodução/TV Anhanguera

atualizado 21/01/2020 19:47

Uma mulher grávida que foi morta na noite da última segunda-feira (20/01/2020), em Anápolis (GO), conseguiu escrever o nome do suspeito com o próprio sangue antes de morrer. Ela tinha 38 anos e foi esfaqueada no pescoço por um homem.

O caso aconteceu no Jardim Alexandrina. Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima estava grávida de sete meses. O suspeito foi preso.

A reportagem completa pode ser encontrada no site Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias