Lula prevê “impeachment ou interdição” de Bolsonaro

Ex-presidente ainda declarou que terceira via é "desculpa" e elogiou a atuação da CPI da Covid-19

atualizado 20/07/2021 10:50

Aline Massuca/Metropoles - 12/6/2021

Em entrevista à rádio Jovem Pan de Sergipe nesta terça-feira (20/7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) parabenizou a CPI da Covid-19 e afirmou que, em algum momento, haverá um veredito: “Ou impeachment ou interdição dele (Bolsonaro)”.

“Que a gente possa continuar demonstrando ao povo brasileiro todas as provas necessárias que o crime teve responsável, que foi o governo brasileiro”, escreveu o ex-presidente sobre a comissão parlamentar.

Lula voltou a tecer críticas ao governo Bolsonaro e chamou a 3ª via para as eleições de 2022 de “desculpa” e de “invenção dos partidos que não têm candidato”. “Seria importante que todos os partidos lançassem candidato e testassem sua força”, disse o político.

0

O ex-presidente criticou os posicionamentos de Bolsonaro sobre as eleições de 2022. Em 1º de julho, Bolsonaro havia dito que, caso perca as eleições do próximo ano, só entregará a faixa presidencial se o candidato eleito tiver ganhado de “forma limpa”, em mais uma referência ao voto impresso. Lula rebateu: “Ninguém quer receber a faixa de você”. “Pode deixar que o povo vai empossar o presidente eleito em 2022. E não será você”, declarou o petista.

Mais lidas
Últimas notícias