*
 

O ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta sexta-feira (6/4) um pedido de habeas corpus  protocolado por um advogado de São Paulo nessa quinta (5) em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A prisão do petista foi autorizada pelo juiz Sérgio Moro. De acordo com a decisão do magistrado, o político deverá se entregar à Polícia Federal até as 17h.

Reprodução

Ainda não há, contudo, decisão sobre o habeas corpus protocolado nesta sexta (6) pela defesa do ex-presidente. Os advogados do petista defendem que a prisão teria que ser decretada após a publicação do acordão do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF). Para eles, a decisão não poderia ser “antecipada”.

Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão no processo do caso triplex do Guarujá. Na madrugada de quarta, o petista sofreu revés no Supremo Tribunal Federal (STF), que negou habeas corpus preventivo para que ele pudesse recorrer em liberdade até a última instância contra a sentença na Lava Jato. O ex-presidente alega ser inocente.

Aguarde mais informações.

 

 

 

 

 

COMENTE

STJhabeas-corpusprisão de Lula
comunicar erro à redação

Leia mais: Justiça