*
 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ao jornal Folha de S. Paulo, na manhã desta sexta-feira (6/4), que não irá para Curitiba se entregar à Polícia Federal. Em conversa por telefone com a reportagem, o petista afirmou estar tranquilo e bem disposto. Pontuou ainda já ter feito, inclusive, seus exercícios matinais.

Mais tarde, o ex-presidente do PT Rui Falcão confirmou, ao Broadcast/Estadão, que Lula não se apresentará na capital paranaense. A declaração foi dada ao chegar à sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo. Lula passou a noite no local, onde teria dormido em um sofá na sala da diretoria. Ele está em companhia de familiares, amigos e correligionários.

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, ordenou que o ex-presidente se apresente à Polícia Federal da capital paranaense até as 17h desta sexta. O petista foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP).

 

 

COMENTE

sérgio moroprisão de Lula
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil