Celso de Mello envia para Justiça Federal do DF inquérito contra Weintraub

Ex-ministro da Educação responde a processo por suposto crime de racismo contra chineses

atualizado 03/07/2020 22:58

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira (3/7) que o inquérito que investiga o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub por suposto crime de racismo contra chineses seja enviado para a Justiça Federal do Distrito Federal. São informações do G1.

O inquérito foi aberto em abril e apura uma publicação de Weintraub na internet na qual o então ministro insinuou que a China poderia se beneficiar propositalmente da pandemia do novo coronavírus.

Weintraub deixou o Ministério da Educação em junho e Celso de Mello decidiu enviar o caso para a primeira instância da Justiça porque Weintraub perdeu o foro privilegiado.

Celso de Mello, porém, questionou a Procuradoria-Geral da República (PGR) se o caso deveria seguir na Justiça Federal ou na Justiça estadual.

A PGR, então, se manifestou a favor de o caso seguir para a Justiça Federal porque o Brasil é signatário de diversos tratados e convenções de combate à discriminação racial.

0

Últimas notícias