metropoles.com

Barroso relatará ação contra Bolsonaro por associar vacina à aids

Em live, presidente afirmou que “pessoas totalmente imunizadas estão desenvolvendo” a doença. Parlamentares veem “mentira criminosa”

atualizado

Compartilhar notícia

Nelson Jr./STF
Luís Roberto Barroso, ministro do STF
1 de 1 Luís Roberto Barroso, ministro do STF - Foto: Nelson Jr./STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi sorteado relator da notícia-crime apresentada por parlamentares da oposição pedindo investigação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelas declarações nas quais associa a vacinação contra a Covid-19 à aids.

Em sua live, na última quinta-feira (21/10), o presidente chegou a afirmar que “pessoas totalmente imunizadas estão desenvolvendo aids”.

Na ação, os parlamentares afirmaram que o ato de Bolsonaro é um “absoluto desrespeito para com o país e com as famílias enlutadas” e “coloca sua ideologia autoritária acima das leis do país, mentindo de forma criminosa sobre as vacinas, colocando em risco uma estratégia que vem diminuindo drasticamente o número de mortes no país”.

A fala de Bolsonaro gerou críticas de políticos e de entidades médicas e científicas. As redes sociais Facebook e Instagram derrubaram o vídeo do presidente.

A líder do PSol na Câmara, Talíria Petrone (RJ), disse que a bancada do partido e o deputado Túlio Gadêlha (PDT-PE) entrariam com a notícia-crime contra Bolsonaro “pela mentira que associa as vacinas contra Covid ao HIV/aids”. “Esse genocida não pode sair impune de um absurdo como esse”, escreveu a deputada.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações