metropoles.com

Allan dos Santos dispara contra Moraes: “Maior ataque na história”

O jornalista do Terça Livre é alvo de operação da Polícia Federal para apurar disseminação de fake news

atualizado

Compartilhar notícia

Hugo Barreto/Metrópoles
Allan dos Santos durante busca em sua casa no lago sul
1 de 1 Allan dos Santos durante busca em sua casa no lago sul - Foto: Hugo Barreto/Metrópoles

Após o mandato de busca e apreensão em sua casa e escritório na manhã desta quarta-feira (27/05), o jornalista Allan dos Santos, do Terça Livre, disse que a ação foi “inconstitucional” e que este foi o “maior ataque à Suprema Corte”.

Alvo de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) contra as fake news, ele culpou o relator, Alexandre de Moraes, de “atacar” a constituição.

“Estamos mostrando quão frágil é a Constituição e quem tem que defender a Constituição é a Suprema Corte, mas o Alexandre de Moraes a está atacando”, defendeu. “É o maior ataque que a Corte já sofreu em toda a história do Brasil”, continuou.

Santos ainda disparou contra os ministros Luís Roberto Barroso e Celso de Mello, além de Moraes. “Formam a ditadura dos 3 patetas”, completou.

O jornalista também acusou Moraes de agir politicamente, devido à busca e apreensão na casa do governador Wilson Witzel, nessa terça-feira (26/05). “É muito politico porque você faz uma ação desta um dia depois da do Witzel, para mostrar que não o são”, alegou.

Após a saída dos agentes, que ficaram três horas na residência do jornalista, Allan disse à imprensa que os R$ 6 mil que estão sendo investigado servem para pagamento de quatro funcionários, uma empresa e a residência. Ele contou que a maior parte da renda do Terça Livre vem de doação dos leitores do site. “Estão tratando um jornalista como criminoso”, alegou.

Allan relatou como foi a chegada dos agentes em sua casa, “um episódio de maior desgraça para Corte”, segundo ele. O jornalista contou que ouviu um barulho no portão e, ao descer as escadas ao lado da família, a polícia já o esperava na cozinha.

“Eles estavam apontando arma para mim e minha esposa grávida de 9 meses”, disse. O jornalista adiantou que os advogados vão entrar com ação contra Moraes nas instituições de Direitos Humanos internacionais.

0

 

 

 

 

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações