“Jovem, afável”, relembra Maurício de Sousa sobre quando conheceu Maradona

O ex-jogador sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa, em Tigre, na tarde desta quarta-feira (25/11)

atualizado 25/11/2020 18:10

Mauricio de Souza desenha MaradonaMaurício de Souza/ Reprodução/ Twitter

O criador da Turma da Mônica, Maurício de Sousa, prestou homenagens a Diego Maradona, vítima de uma parada cardiorrespiratória, nesta quarta-feira (25/11). O ex-jogador morreu em casa, em Tigre, na Argentina, aos 60 anos.

O Maradona que eu conheci… Jovem, afável, na super blindada concentração da seleção argentina (vésperas da Copa do Mundo), bem distante de Buenos Aires, me recebeu amável, disposto a falar de infância, dos amiguinhos da época”, escreveu Maurício no Twitter.

Maurício relembrou que, na ocasião, era o início da criação da Turma do Dieguito, projeto de personagens secundários da Turma da Mônica que não teve continuidade. “Maradona se entusiasmava durante nossa conversa”, disse.

“Ia buscar na memória momentos que ele julgava interessantes para o conhecimento dos fãs. Desenhei alguns personagens para ele e, para minha surpresa, ele sacou um bloco, lápis e também desenhou para mim. Uma paisagem simples, mas super valiosa”, contou Maurício.

0

Mais lidas
Últimas notícias