Em dia de tributo a Maradona, Manchester City vence e avança na Champions

Imagem do ídolo foi exibida nos telões, com todos respeitando um minuto de silêncio a um dos maiores ídolos da história do futebol

atualizado 25/11/2020 17:52

MB Media/Getty Images

O falecimento de Diego Maradona, nesta quarta-feira (25/11), ofuscou, evidentemente, qualquer atividade no mundo dos esporte. E foi, assim, sob o luto, que a principal competições de clubes, a Liga dos Campeões da Europa, abriu mais um dia de jogos, marcado por homenagens ao craque e pela classificação do Manchester City às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

No Estádio Karaiskakis, palco da partida entre Olympiacos e City, e no Borussia-Park, onde o Mönchengladbach recebeu o Shakhtar Donetsk, nos primeiros jogos do dia, a imagem do ídolo foi exibida nos telões, com todos os envolvidos no confronto respeitando um minuto de silêncio a um dos maiores ídolos da história do futebol antes do apito inicial.

Na Grécia, o Manchester City derrotou o Olympiacos por 1 x 0, com o gol marcado por Foden aos 36 minutos do primeiro tempo. Assim, manteve os 100% de aproveitamento, chegou aos 12 pontos, na liderança do Grupo C e ainda se juntou a Sevilla, Juventus, Barcelona e Chelsea como times classificados antecipadamente às oitavas de final. O clube grego, por sua vez, parou nos três pontos.

A partida teve três brasileiros como titulares: Rafinha, no Olympiacos, e Ederson e Gabriel Jesus, no City. Depois, Fernandinho foi acionado por Guardiola, encerrando um período de seis jogos desfalcando o time inglês por causa de lesão.

Já pelo Grupo B, o Mönchengladbach voltou a golear o Shakhtar. Após aplicar 6 x 0 na Ucrânia, fez 4 x 0 nesta quarta. É, assim, o líder da chave com oito pontos, desbancando os favoritos Real Madrid e Inter de Milão. Já o time de Donetsk está com quatro.

O Mönchengladbach abriu 3 x 0 ainda no primeiro tempo. Stindl converteu pênalti aos 17 minutos, depois dando o passe para Elvedi ampliar aos 34. Embolo, aos 46, de bicicleta, fez 3 x 0. Na etapa final, Wendet, em cobrança de falta, fechou o placar aos 32 minutos.

Vídeos
Últimas notícias