Irmã de cantor do Molejo depõe, e delegado indica ter poucas dúvidas de que não houve estupro

Titular da 33ª DP considerou as declarações da jovem "de extrema importância", pois mostra a relação do funkeiro com a família do cantor

atualizado 10/02/2021 19:49

Riane Oliveira, irmã do vocalista do Molejo, Anderson LeonardoAline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – Riane Oliveira, irmã de Anderson Leonardo, prestou depoimento na tarde desta quarta-feira (10/2) ao delegado Reginaldo Guilherme. A jovem saiu sem falar com a imprensa. Segundo o titular da 33ª DP (Realengo), as declarações de Riane têm “extrema importância para a investigação”, uma vez que estabelece o padrão de aproximação que MC Maylon tinha com a família do cantor, mantendo, inclusive, frequência nos shows do pagodeiro.

A irmã do acusado apresentou, ainda, vídeos e fotos que sinalizam o comportamento do funkeiro, classificado como normal em relação ao vocalista do Molejo e familiares.

O vocalista da banda de pagode Molejo é acusado de ter estuprado MC Maylon, na madrugada do dia 11 de dezembro do ano passado, em um motel na zona oeste do Rio de Janeiro.

O delegado Reginaldo Guilherme informou ainda que, ao fim das investigações, caso não seja comprovado o estupro, MC Maylon pode ser denunciado por falsa comunicação de crime e por denunciação caluniosa.

Segundo a polícia, o material será periciado e anexado ao caso para análise da Justiça. Para o titular da 33ª DP (Realengo), há poucas dúvidas sobre o que aconteceu. Ele informou que deve convocar novamente Anderson e Maylon para depor. O delegado também não descarta uma possível acareação entre os dois.

0
Homenagem a Anderson Leonardo

Nas redes sociais, Riane publicou uma mensagem de apoio ao irmão. “Nada irá destruir uma vida e uma conduta correta que você tem! Sabemos quem você é, isso que importa! Estamos com você! Seus familiares, amigos e pessoas que realmente te conhecem e sabem da sua índole.” Clique aqui e confira o post completo.

Entenda o caso

O funkeiro e dançarino Maylon Douglas Pinto de Nascimento Adão, o MC Maylon, de 21 anos, acusa Anderson Leonardo, vocalista da banda de pagode Molejo, de estupro. O crime teria acontecido na madrugada do dia 11 de dezembro do ano passado em um motel em Sulacap, zona oeste do Rio de Janeiro.

Segundo MC Maylon, Anderson Leonardo teria forçado o funkeiro a ter relações sexuais com ele. A ocorrência policial foi registrada na 33ªDP (Realengo). O pagodeiro nega as acusações, admite que houve sexo com MC Maylon, mas “tudo consensual”.

MC Maylon entregou para a polícia uma cueca e o sabonete usados por ele no dia do suposto estupro. Um exame de DNA foi feito no material biológico encontrado na cueca usada pelo dançarino e confirmou presença de esperma de Anderson Leonardo.

Funcionários do motel prestaram depoimento e relataram que só perceberam que se tratava do cantor do Molejo quando o caso foi divulgado pela imprensa.

Últimas notícias