Filho de vocalista do Molejo desabafa: “Devemos assumir a verdade”

Anderson Leonardo é acusado de estupro. Irmã de pagodeiro vai depor nesta quarta-feira (10/2) na 33ª DP (Realengo)

atualizado 10/02/2021 13:12

Reprodução Internet

Rio de Janeiro – Leozinho Bradock, um dos filhos do vocalista do Molejo, Anderson Leonardo, saiu em defesa do pai e fez um desabafo nas redes sociais. O pagodeiro é acusado por Maycon Douglas Pinto do Nascimento Adão, conhecido como MC Maylon, de estupro, fato que teria acontecido no dia 11 de dezembro do ano passado, em um motel em Sulacap, zona oeste do Rio.

“Xangô é meu juiz! Pai, eu me orgulho de tudo que fez pela minha vida, pelo meu crescimento. E desde sempre,o senhor nunca me escondeu nada da sua vida, e sempre me ensinou que devemos assumir a VERDADE, independente do que os outros pensam”, escreveu Leozinho. Clique aqui e confira a publicação.

O filho de Anderson Leonardo, também cantor, respondeu a alguns comentários dos internautas sobre a confissão do pai de ter feito sexo, consensualmente, com o funkeiro.

“Era cilada não, mana. Meu pai sempre foi bissexual, e me orgulho disso. Se vocês optam por fazer esse tipo de brincadeira achando bacana agir com preconceito, vocês só provam que passa ano, entra ano, e não respeitam as diferenças”, disparou.

0

Nesta quarta-feira (10/2), será ouvida pela polícia uma das irmãs de Anderson Leonardo, com quem Maylon esteve na noite do mesmo dia 11, em um show do grupo Molejo. A ideia dos investigadores é estabelecer ligação entre o fato ocorrido com a saída com a irmã do cantor (por ter sido atacado e não ter falado com ela sobre o assunto).

O delegado da 33ª DP (Realengo) não descarta uma possível acareação entre MC Maylon e Anderson.

Entenda o caso

O funkeiro e dançarino Maylon Douglas Pinto de Nascimento Adão, o MC Maylon, de 21 anos, acusa Anderson Leonardo, vocalista da banda de pagode Molejo, de estupro. O crime teria acontecido na madrugada do dia 11 de dezembro do ano passado em um motel em Sulacap, zona oeste do Rio de Janeiro.

Segundo MC Maylon, Anderson Leonardo teria forçado o funkeiro a ter relações sexuais com ele. A ocorrência policial foi registrada na 33a DP (Realengo). O pagodeiro nega as acusações, admite que houve sexo com MC Maylon, mas “tudo consensual”.

MC Maylon entregou para a polícia uma cueca e o sabonete usados por ele no dia do suposto estupro. Um exame de DNA foi feito no material biológico encontrado na cueca usada pelo dançarino e confirmou esperma de Anderson Leonardo.

Últimas notícias