Hang, após ter conta bloqueada no Twitter: “Jamais atentei contra o STF”

O empresário disse que recebeu com "surpresa" o bloqueio: "Acredito na democracia e que ela existe através da liberdade de expressão"

atualizado 24/07/2020 16:38

Luciano HangIgo Estrela/Metrópoles

O empresário Luciano Hang, um dos alvos da decisão que determinou o bloqueio das contas de bolsonaristas no Twitter, usou o perfil no Instagram para se manifestar, nesta sexta-feira (24/7). Segundo o “veio da Havan”, a suspensão na rede social foi recebida “com surpresa” por ele.

“Recebi com surpresa o bloqueio das minhas redes sociais. Reforço que jamais atentei contra o STF. Acredito na democracia e que ela só existe através da plena liberdade de expressão, garantida pela nossa Constituição Federal”, escreveu Hang.

Ele teve a conta no Twitter bloqueada por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é um dos investigados no âmbito da investigação que apura ataques e ameaças contra ministros da Corte.

“Todos têm direito de expressar opiniões individuais. Para construirmos um país cada vez melhor é necessário discutir ideias e manter o debate aberto para toda a sociedade. Isso é o que eu sempre defendi”, diz a nota do empresário.

0

 

Últimas notícias