metropoles.com

Governador monta gabinete de crise: prioridade é socorro às vítimas

Secretários do Meio Ambiente e de Impacto Social foram para município, onde bombeiros e defesa civil cuidam dos resgates

atualizado

Compartilhar notícia

Assembleia Legislativa de Minas Gerais/Divulgação
Romeu Zema - Metrópoles
1 de 1 Romeu Zema - Metrópoles - Foto: Assembleia Legislativa de Minas Gerais/Divulgação

Em comunicados divulgados na tarde desta sexta-feira (25/1), o Governo do Estado de Minas Gerais declarou ter montado uma força-tarefa para socorrer possíveis vítimas, prestar apoio à população e averiguar a extensão da tragédia em Brumadinho, onde houve o rompimento de uma barragem da Mina do Feijão, da Vale do Rio Doce.

Equipes do Executivo de MG já estão no local, na região metropolitana de Belo Horizonte. Os secretários de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Germano Vieira, e a secretária de Impacto Social, Elizabeth Jucá, coordenam os trabalhos no município afetado. Na capital, foi montado um gabinete de crise.

A procura por vítimas e o socorro dos atingidos é realizado pelo Corpo de Bombeiros, por meio do Batalhão de Emergências Ambientais, e a Defesa Civil do estado. Segundo os socorristas, pelo menos 200 pessoas estariam desaparecidas. Os feridos estão sendo levados para o hospital Hospital João XXIII, em Belo Horizonte.

“Estava em deslocamento no interior do estado onde tinha compromisso, mas já estou a caminho de Belo Horizonte, local onde o governo de Minas instalou o gabinete de gestão de crise assim que teve a notícia do ocorrido em Brumadinho”, disse o governador Romeu Zema (Novo) pelas redes sociais.

“Todo o aparato do governo de Minas foi enviado para prestar os primeiros socorros às vítimas e o suporte necessário para os moradores da região. Nossa atenção neste momento está direcionada para socorrer as pessoas atingidas”, completou.

O governador deve se dirigir à área atingida na manhã deste sábado (25/1), junto com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) e parte do comitê de crise instituído no governo federal. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, coordenará os trabalhos, conforme informou o Palácio do Planalto.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações