GO: jovem de 18 anos morre de Covid e pais fazem alerta aos mais novos

Kharen Christiny morreu na terça-feira (27/7) em Anápolis. "Não brinquem com essa doença", escreveu os pais da garota em mensagem aos jovens

atualizado 29/07/2021 16:03

jovem de 18 anos morre de covid em anápolis, goiásArquivo Pessoal

Goiânia – A jovem Kharen Christiny, de apenas 18 anos, morreu em decorrência de complicações da Covid-19, em Anápolis (GO), a 55 quilômetros da capital goiana, nessa terça-feira (27/7). A partida precoce da garota comoveu a cidade e fez com que os pais escrevessem uma mensagem de alerta aos mais novos.

“E a todos os jovens queremos deixar uma mensagem de advertência e reflexão. Não brinquem com essa doença. Vocês têm uma longa vida ainda para aproveitar, não abreviem sua história”, alertaram.

Kharen ficou internada por cerca de 20 dias, no Ânima Centro Hospitalar, em Anápolis. A despedida foi feita em forma de cortejo, que saiu do hospital com destino ao cemitério, e que juntou dezenas de carros de amigos e familiares.

Ele foi estudante do Colégio Estadual de Polícia Militar de Goiás (CEPMG) Gabriel Issa. Pelas redes sociais, a escola expressou o luto e lamentou a morte da garota. “Estamos enlutados com a sua partida. Nosso pesar aos amigos e familiares”, publicou o colégio.

A família de Kharen agradeceu o hospital e os profissionais de saúde que cuidaram dela, no período de tratamento. Eles estenderam, ainda, o alerta que fizeram aos mais novos aos pais e responsáveis pelos adolescentes.

“Nossa filha se foi aos 18 anos. Amanhã pode ser a sua filha, sua irmã, prima ou amiga. Todo cuidado é pouco neste momento. Evitem aglomerações, usem máscara e façam higienização. Essa doença não respeita idade, nem sentimento”, escreveram.

jovem de 18 anos morre de covid em anápolis, goiás
Postagem de luto do Colégio Militar, onde Kharen estudou em Anápolis
Despedida do irmão

O irmão de Kharen publicou uma série de stories no Instagram expressando a dor pela partida dela. Ele relatou que em nenhum momento a jovem reclamou de dor ou que estava sofrendo, e que chegou a enviar vídeos tranquilizando a família.

“Meu Deus foi tão bom que deixou você ver e ouvir todas as mensagens e áudios das pessoas que te amavam e queriam seu bem, e no final de tudo você teve força e conseguiu se despedir de nós”, relatou ele.

No último dia dela no hospital, Kharen falou com o irmão por chamada de vídeo. Segundo ele, foi a única vez que ela disse que não estava se sentindo bem e pediu por orações, dizendo que logo voltaria para casa. Ela completaria 19 anos no próximo dia 5/8.

Goiás já registrou 20.685 mortes por Covid-19. De acordo com o painel eletrônico mantido e atualizado pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), 70 desses foram de crianças, adolescentes e jovens com menos de 19 anos de idade.

Últimas notícias