Frota lança PL para obrigar parlamentares a se vacinarem contra Covid-19

De acordo com o projeto, a dispensa da vacinação obrigatória só poderá ocorrer por motivos médicos devidamente comprovados

atualizado 20/01/2021 18:51

Igo Estrela/Metrópoles

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) apresentou o Projeto de Lei 5610/20 que obriga deputados federais e senadores a se vacinarem contra a Covid-19, ainda que o uso do imunizante no país tenha sido aprovado apenas em caráter emergencial. A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

De acordo com o PL, a dispensa da vacinação obrigatória só poderá ocorrer por motivos médicos devidamente comprovados.

Ex-apoiador de Bolsonaro, Alexandre Frota também critica setores da sociedade que disseminam “uma campanha absurda” para tentar convencer a população de que a vacina pode causar danos irreparáveis.

“Isso inclui o presidente da República, que vem a público, em uma atitude jocosa, dizer que se tomar a vacina poderá ser transformado em jacaré. Não podemos deixar a população se levar por atitudes irresponsáveis de quem quer que seja. Nós, deputados federais e os senadores da República, temos que dar o exemplo nesta campanha de imunização e deveremos, portanto, ser os primeiros a imunizar”, diz o deputado.

O próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, já questionou diversas vezes a eficácia da Coronavac, que chamou de “vacina chinesa”, e chegou a dizer que não compraria a “vacina de Doria”.

Na ocasião, Bolsonaro ressaltou que “o povo brasileiro não será cobaia de ninguém”.

0

 

Últimas notícias