*
 

A Fifa divulgou nesta sexta-feira (9/2) os locais onde ficarão baseadas cada uma das seleções que disputarão a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, com destaque para a região de Moscou, que hospedará dez equipes. Além da seleção da casa, Portugal, Irã, França, Peru, Argentina, Alemanha, México, Bélgica e Tunísia escolheram alojamentos e centros de treinamento na capital e em localidades próximas. A informação é da Agência EFE.

A seleção brasileira se hospedará no Swisshotel Resort Kamelia, em Sochi, e realizará os treinos no estádio Yug-Sport. Além do Brasil, a Polônia ficará na mesma cidade, situada no sudoeste da Rússia, às margens do Mar Negro e nas proximidades das montanhas nevadas do Cáucaso.

Todas as equipes permanecerão nos mesmos locais até que se transfiram às cidades das onde disputarão os jogos, onde ficarão hospedadas em hotéis oficiais e também escolherão um centro de treinamento. Em princípio, as seleções deverão estar na cidade da partida na noite anterior ao jogo.

Após a primeira fase, as equipes terão a opção de permanecer na base operacional ou se deslocar às cidades onde irão que jogar as rodadas de mata-mata.

Fifa vai permitir pré-seleção de 35 jogadores
A Fifa anunciou nesta quinta-feira (8/2) que mudou as regras para a Copa do Mundo da Rússia e vai permitir que cada treinador de seleção faça uma pré-convocação de até 35 jogadores, que seriam inscritos inicialmente para o torneio, que tem abertura dia 14 de junho, em Moscou, com o jogo Rússia x Arábia Saudita.

Em comunicado, a Fifa disse que a decisão foi tomada depois de encontro entre treinadores e o comitê organizador das competições da entidade. “Houve um acordo para aumentar o número de jogadores incluídos na lista – de 30 para até 35”.

Tite e os demais técnicos terão até o dia 14 de maio para apresentar uma lista de 35 jogadores que vão estar pré-selecionados para a Copa. No dia 4 de junho, cada seleção precisa definir seus 23 jogadores que oficialmente participarão do Mundial.