Festa “Lula Livre” termina em pancadaria em bar de São Paulo

Confusão aconteceu na noite desse sábado (09/11/2019), horas após discurso do ex-presidente em frente à sede dos Sindicato dos Metalúrgicos

Yago Sales/Especial para o MetrópolesYago Sales/Especial para o Metrópoles

atualizado 10/11/2019 11:45

São Bernardo do Campo (SP) – O clima de festa entre apoiadores do ex-presidente Lula foi substituído por pancadaria em um bar próximo ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, na noite desse sábado (09/11/2019), em frente a um bar.

Dois homens dentro de um carro se irritaram com um grupo de petistas que entoavam “Lula Livre”. Uma mulher bateu sobre o teto do veículo. Os homens, que vendiam cerveja em uma banca para os apoiadores do ex-presidente antes, durante e depois do discurso do petista, desceram e iniciou-se uma discussão.

Veja vídeo da confusão:

Depois de uma conversa, os homens saíram no carro. Não ficou claro o motivo, mas a briga se tornou generalizada entre as pessoas que estavam no estabelecimento.

Críticas a Bolsonaro e à imprensa

Um dia após sair da carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, Lula discursou pela segunda vez. Na tarde desse sábado (09/11/2019), o ex-presidente esteve em São Bernardo do Campo, seu berço político, e fez pronunciamento em frente à sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

O petista acusou o presidente Bolsonaro de “governar para milicianos”, chamou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, de “canalha” e o ministro da Economia, Paulo Guedes, de “demolidor de sonhos e destruidor de empregos”. Lula também criticou veículos de imprensa, sobretudo a Rede Globo. A emissora rebateu os ataques em nota.

Últimas notícias