TSE recebe pedido de candidatura à Presidência de Roberto Jefferson

Ex-deputado federal está em prisão domiciliar. Chapa apresentou Padre Kelmon (PTB) como candidato à Vice-Presidência

atualizado 12/08/2022 23:45

Roberto JeffersonValter Campanato/Agência Brasil

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) entregou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o pedido de candidatura do ex-deputado federal Roberto Jefferson à Presidência da República. O antigo presidente do partido está em prisão domiciliar por suposta ligação às milícias digitais, em inquérito que corre no Supremo Tribunal Federal (STF).

Padre Kelmon, também do PTB, é indicado na chapa como candidato a vice-presidente. A convenção nacional que oficializou o nome de Jefferson às disputas pelo Planalto em outubro ocorreu em um hotel de Brasília e ele não esteve presente.

Na Corte, a análise da candidatura está sob relatoria do ministro Carlos Horbach.

O ex-deputado declarou R$ 745.323,41 em bens para o tribunal, dos quais R$ 1.884,34 estão em uma caderneta de poupança; R$ 23.349,00 depositados em conta corrente no país; R$ 3.180,07 em investimentos e R$ 716.910,00 apontados como “outros fundos”, sem maiores detalhamentos.

Assim, Jefferson cumpre a medida em casa, na cidade de Comendador Levy Gasparian (RJ). Ele é obrigado ainda a usar tornozeleira eletrônica e não pode manter contato com investigados.

Mais lidas
Últimas notícias