Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Planalto busca PTB para entender candidatura de Roberto Jefferson

Partido oficializou candidatura do ex-deputado à Presidência da República em evento nessa segunda-feira (1º/8)

atualizado 02/08/2022 13:30

Roberto JeffersonValter Campanato/Agência Brasil

Integrantes do Palácio do Planalto procuraram lideranças do PTB nas últimas horas para questionar o objetivo do ex-deputado Roberto Jefferson ao se lançar candidato à Presidência da República.

Auxiliares de Jair Bolsonaro quiseram entender se Jefferson se juntará a outros candidatos nos ataques ao atual presidente ou se pretende ajudá-lo de alguma forma durante a campanha eleitoral.

Em resposta, dirigentes do PTB enviaram o texto da carta do ex-deputado que foi lida na convenção do PTB que oficializou a candidatura dele ao Planalto, nessa segunda-feira (1º/8).

“Linha auxiliar”

No documento, Jefferson diz que a candidatura dele “não se opõe a Bolsonaro”, mas serve para “confrontar a abstenção, preenchendo alguns nichos de opções ao eleitorado direitista”.

Ele afirma ainda que não deseja “inibir nenhum companheiro que deseja apoiar, no partido, o presidente à sua reeleição”. “Apoie. Ao final, estaremos juntos”, escreveu Jefferson, que está em prisão domiciliar.

Após a carta, a conclusão de membros do Planalto até agora foi a de que o ex-deputado atuará como uma espécie de “linha auxiliar” da candidatura à reeleição de Bolsonaro. A conferir.

Mais lidas
Últimas notícias