Plataforma aponta que hashtag contra Boulos é disseminada por contas falsas

Bot Sentinel, monitor de atividade de robôs, detectou que #LaranjaldoBoulos é a 4ª hashtag mais disseminada por perfis falsos no mundo

atualizado 11/11/2020 18:29

Arte/Metrópoles

São Paulo – A plataforma Bot Sentinel, que monitora atividade inautêntica na rede social Twitter, apontou, na tarde desta quarta-feira (11/11), que a hashtag #LaranjaldoBoulos é a 4ª expressão mais tuitada na rede social, em âmbito mundial, impulsionada por perfis falsos ou inautênticos.

A hashtag se tornou um dos assuntos mais comentados após debate entre candidatos à Prefeitura de São Paulo, promovido pelo portal UOL e jornal Folha de S.Paulo. No debate, o candidato Celso Russomanno (Republicanos) acusou Guilherme Boulos (PSol) de pagar R$ 500 mil a uma suposta produtora de vídeos fantasma.

Boulos apresentou os vídeos feitos pela produtora para sua campanha e entrou com ação na Justiça contra Russomanno alegando “difamação por encomenda”. Isto porque a informação sobre a “suposta produtora fantasma” foi disseminada pelo comunicador bolsonarista Oswaldo Eustáquio, que já foi preso pela Polícia Federal por produção de fake news em inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF).

Embora a hashtag #LaranjaldoBoulos possa ser alavancada por contas inautênticas, conforme informações do Bot Sentinel, a expressão ganha fôlego com postagens de contas até verificadas. Perfis importantes da direita bolsonarista espalham a hashtag —é o caso do deputado estadual Douglas Garcia (PTB-SP).

O parlamentar também é investigado por Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) por estar envolvido em um suposto esquema de “linchamento virtual e fake news”.

A plataforma Bot Sentinel é uma ferramenta livre, gratuita e apartidária que rastreia conteúdo falso, inautêntico e spam através de técnicas de machine learning e inteligência artificial.

A plataforma foi criada pelo engenheiro programador americano Christopher Bouzy. Em junho, Bouzy, em entrevista ao Metrópoles, declarou que, sem contas falsas, o alcance de determinadas mensagens seria dramaticamente reduzido.

Últimas notícias