*
 

A segunda prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 será aplicada neste domingo (11/11). É a reta final para quem espera pela avaliação e busca uma vaga no ensino superior. Após maratona de estudo por dias, a principal recomendação de especialistas em saúde e qualidade de vida aos participantes é relaxar a mente e o corpo para contar com boa disposição no dia do teste, e ter um cuidado especial com a alimentação.

A nutricionista da Clínica da Aliança Instituto de Oncologia, Laís Gomes Fonseca, recomenda aos candidatos evitar refeições pesadas responsáveis por dificultar o processo digestivo tanto no dia da prova quanto na véspera. “Consumir alimentos pesados exige muita energia para a digestão, levando a sonolência. Isso pode prejudicar no desempenho durante a prova”, destacou a especialista ao citar como exemplo de comidas gordurosas, feijoada e lasanhas.

via GIPHY

Conforme a profissional da área da saúde, o ideal é optar por uma alimentação equilibrada para garantir energia e nutrientes que o organismo precisa. No dia da avaliação, em hipótese alguma, o inscrito deve fazer jejum antes de seguir para o local de prova.

“Fazer a prova sem se alimentar bem ou até mesmo de estômago vazio é uma péssima opção. Mesmo quem não consegue se alimentar devido a ansiedade, deve tentar consumir uma refeição leve”, explicou. Em caso de jejum, o candidato pode apresentar hipoglicemia (baixa da taxa de glicose no sangue) e, consequentemente, sentir sonolência, dificuldade de concentração, tontura, dor de cabeça e fraqueza.

Dica curinga
A principal dica da nutricionista para quem vai fazer o Enem é levar lanches como frutas secas, castanhas e barras de cereais saudáveis para o local de prova. “Leve também sucos naturais, água de coco e, claro, água. Hidratar-se bem no dia anterior também é importante. Assim, você prepara o organismo para o seu melhor estado, um corpo bem hidratado tem mais disposição”.

via GIPHY

Momento de relaxar
Além da caminhada, yoga e meditação podem ser alternativas para os inscritos driblarem a ansiedade e o estresse nesta reta final. A professora de yoga, Elisa Matos, recomenda exercícios de respiração para acalmar o corpo e a mente.

“Manter o foco na respiração para controlar a mente, porque quando a gente controla o fluxo da respiratório é possível controlar a ansiedade”, afirmou ao enfatizar a importância de realizar respirações profundas.

via GIPHY

Uma das práticas sugeridas pela especialista para possíveis momentos de inquietação é inspirar por uma narina e expirar pela outra.”Sugiro praticar na véspera ou no dia da prova. É um exercício que pode ser feito a qualquer momento”, disse.

Além disso, ter uma boa noite de sono na véspera interfere diretamente na disposição do candidato no dia seguinte. Diante disso, a dica da Elisa é optar por chás calmantes na noite anterior a da prova.

via GIPHY