“Respeito é bom e todos nós gostamos da democracia”, diz Guedes

O discurso é oposto ao proferido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no feriado da Independência

atualizado 15/09/2021 15:27

Paulo guedes de olhos fechadosHugo Barreto/Metrópoles

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fez uma ode à democracia, nesta quarta-feira (15/9), durante um debate com o Movimento Pessoas à Frente.

O evento estava fechado à imprensa, mas o Metrópoles teve acesso ao conteúdo por meio de interlocutores. Na ocasião, o ministro defendeu que o Judiciário tem lideranças sólidas.

Durante o ato pró-governo, no 7 de Setembro, o presidente Jair Bolsonaro fez ataques diretos ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Barroso. As declarações pressionaram o mercado, que derreteu no dia seguinte.

O mau humor só passou quando Bolsonaro divulgou uma carta pacificadora à nação, após encontro com o ex-presidente Michel Temer.

Observando o movimento, Guedes manteve o clima harmônico. Luiz Fux, presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), também participava do debate. O chefe da Economia dirigiu elogios ao magistrado. “Fux tem sido tão importante nessa definição dos territórios, nesses episódios frequentes, mas que são típicos de uma democracia saudável, vigorosa e robusta”, afirmou.

“Essas lideranças são sólidas e têm um compromisso enorme com as instituições democráticas. O nosso próprio presidente, em sua carta à nação, mostrou plena consciência de que, no fundo, todo mundo tem que jogar dentro das quatro linhas [da Constituição]”, disse.

“Respeito institucional acima de tudo. Respeito é bom e todos nós gostamos da democracia. É essencial”, finalizou o ministro.

Últimas notícias