Pela segunda vez, Guedes cancela participação em evento internacional

O ministro representaria o Brasil em uma discussão sobre a adesão do país à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico

atualizado 23/02/2021 12:39

Paulo GuedesIgo Estrela/Metrópoles

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou de última hora a participação em evento internacional nesta terça-feira (23). É a segunda vez, neste ano, que Guedes cancela uma agenda com debatedores de outros países.

O ministro representaria o Brasil em uma live conduzida pelo Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS) para discutir a adesão do país à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O debate destacaria quais reformas adicionais o Brasil deve considerar e como os Estado Unidos podem apoiar melhor o processo de adesão do país. Segundo o anfitrião do evento, o ministro alegou que foi chamado para uma reunião de emergência sobre temas em tramitação no Congresso.

Guedes tenta convencer os deputados a aprovarem a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) Emergencial, que vai permitir a retomada do pagamento do auxílio emergencial, benefício concedido a pessoas de baixa renda que foram prejudicadas economicamente pela pandemia da Covid-19.

O ministro cedeu e aceitou deixar para o futuro uma proposta de contrapartida fiscal, que cubra os gastos de cerca de R$ 30 bilhões para concessão do benefício. No entanto, a proposta é de que os deputados aprovem essa condição para quando o governo precisar lançar mão dela.

O Congresso, contudo, resiste em aprovar qualquer tipo de contrapartida, mesmo futura, o que a equipe econômica não aceita.

Fórum Econômico Mundial

Em janeiro, Guedes era aguardado no Fórum Econômico Mundial, mas também cancelou de última hora a participação. Ele alegou “assuntos internos” para justificar a ausência.

O ministro integraria discussão sobre como recuperar o comércio internacional diante dos problemas fiscais causados pela pandemia da Covid-19.

Últimas notícias