Guedes, Bento e Ramos vão ao Congresso entregar MP da Eletrobras

Governo quer fazer um gesto para responder às críticas de que teria abandonado a agenda liberal após intervenção na Petrobras

atualizado 23/02/2021 17:40

WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Para responder à desconfiança do mercado de que o governo teria abandonado a agenda liberal após intervir na Petrobras, a equipe econômica fará um gesto político nesta terça-feira (23/2).

Os ministros Paulo Guedes (Economia), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Bento Albuquerque (Minas e Energia) vão pessoalmente ao Congresso para entregar aos dirigentes das duas Casas a proposta de medida provisória (MP) que trata da privatização da Eletrobras.

No Congresso tramita um projeto de venda da estatal, mas o texto não avança desde 2019. Ao apresentar a MP, o governo Bolsonaro repete o que o ex-presidente também tentou fazer MicheL Temer (MDB), mas sem sucesso.

A capitalização da empresa pode significar a primeira das grandes privatizações que o governo defende, mas tem encontrado resistências para tocar. Guedes conta com isso para ajudar na retomada da economia no país.

Últimas notícias