FGTS: saque para nascidos em setembro e outubro começa nesta 6ª

Para facilitar o atendimento, 2,3 mil agências da Caixa abrirão em horário estendido nesta sexta-feira e na segunda-feira

Raimundo Sampaio/Esp. Metrópoles

atualizado 06/12/2019 11:10

A Caixa Econômica Federal disponibiliza nesta sexta-feira (06/12/2019) R$ 3,3 bilhões para saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Mais de 9 milhões de pessoas nascidas em setembro e outubro têm direito de retirar até R$ 500 de contas ativas e inativas.

Para facilitar o atendimento, 2,3 mil agências da Caixa abrirão em horário estendido nesta sexta-feira e na segunda-feira (09/12/2019).

Os saques de até R$ 500 poderão ser feitos em casas lotéricas e em terminais de autoatendimento para quem tem senha do Cartão Cidadão (destinado a beneficiários do Bolsa Família, por exemplo). Trabalhadores que possuem Cartão Cidadão e senha poderão sacar no Caixa Aqui, apresentando documento de identificação.

Quem não tem o Cartão Cidadão poderá realizar saques de até R$ 100 em unidades lotéricas. O trabalhador deverá apresentar um documento de identificação original com foto. O restante do valor poderá ser retirado em uma agência da Caixa.

Para agilizar o atendimento, o trabalhador deve estar com a Carteira de Trabalho em mãos.

Todos os empregados, com contas ativas ou inativas do FGTS, podem sacar até R$ 500 de cada uma delas. A nova modalidade foi anunciada pelo governo Jair Bolsonaro (sem partido) em julho.

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Economia, 96 milhões de brasileiros serão beneficiados com as mudanças quanto ao FGTS.

O cronograma de pagamento do saque imediato está dividido em dois calendários: para quem tem conta poupança na Caixa e para recebimento em outros canais de atendimento.

Outra iniciativa do governo federal foi a criação do chamado saque-aniversário, que vai conceder, a partir de 2020, a possibilidade de sacar anualmente um percentual de saldo do FGTS no mês de aniversário do usuário da conta.

Foi anunciada também a ampliação na distribuição dos resultados do fundo, que irão direto para o bolso do trabalhador.

Calendário antecipado
A Caixa antecipou o calendário do Saque Imediato do FGTS para que todos os trabalhadores possam receber os seus recursos ainda em 2019. A data-limite para recebimento dos valores é 31 de março de 2020.

Caso o saque não seja feito até lá, os valores retornam para a conta de FGTS do trabalhador, sem qualquer ônus, com a devida atualização monetária e juros correspondentes ao período em que estiveram disponíveis para saque.

O saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS caso seja demitido sem justa causa ou nas demais hipóteses previstas em lei. O saque de até R$ 500 por conta do FGTS não significa adesão ao saque-aniversário ou a perda do direito à multa rescisória, independente do canal de recebimento.

Últimas notícias