Câmara de Comércio Exterior reduz a zero alíquota de importação de arroz

Segundo o Ministério da Economia, de janeiro a agosto o Brasil importou aproximadamente 1,15 milhão de toneladas de arroz

atualizado 09/09/2020 20:00

Arroz brancoUnsplash

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério da Economia decidiu, nesta quarta-feira (9/9), reduzir a zero a alíquota do imposto de importação para o arroz em casa e beneficiado. A medida vale até 31 de dezembro deste ano.

De acordo com informações do G1, o Comitê-Executivo de Gestão da Camex estabeleceu que a redução está restrita a uma cota de 400 mil toneladas de arroz com casca não parboilizado e arroz semibranqueado e branqueado.

O intuito é reduzir o custo do arroz importado para aumentar a oferta e conter a alta de preços do produto no mercado interno. Atualmente, a alíquota de importação de produtos fora do Mercosul é de 10% para arroz em casca e 12% para arroz beneficiado. Para integrantes do Mercosul, o valor já é zero.

Segundo o Ministério da Economia, de janeiro a agosto o Brasil importou aproximadamente 1,15 milhão de toneladas de arroz. Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostram que cerca de 10% do consumo de arroz no país vêm da importação.

Inflação

Levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que o preço dos alimentos foi destaque na alta de 0,24% da inflação oficial do país em agosto.

O Índice de Preços para o Consumidor Amplo (IPCA) subiu 2,44% em 12 meses, enquanto a inflação dos alimentos subiu 8,83% no período.

0

Últimas notícias