BC leiloa R$ 1 bi para conter alta do dólar, mas moeda fecha a R$ 5,45

Banco Central interveio no valor dólar por meio de swap cambial; moeda norte-americana registrou alta de 1,30%

atualizado 22/02/2021 20:19

O Banco Central apresentou como será a cédulaFelipe Menezes/Metrópoles

O Banco Central (BC) leiloou R$ 1 bilhão para conter cotação do dólar após o anúncio da demissão do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco pelo presidente Jair Bolsonaro (em partido), mas, apesar da medida, a moeda norte-americana encerrou esta segunda-feira (22) em alta de 1,30%, a R$ 5,4540.

A intervenção foi feita por meio de swap cambial (um contrato ligado ao câmbio) entre 11h15 e 11h25 da manhã. Após o leilão, o BC ainda vendeu mais U$ 800 milhões em swaps para renovar vencimentos de contratos que se encerrariam em abril.

O efeito foi positivo e refletiu na queda do dólar para R$ 5,4976 às 12h27, em detrimento do valor de R$ 5,5336 registrado mais cedo, de acordo com o Broadcast.

Em um cenário de derretimento do mercado financeiro após a indicação de Bolsonaro, a Ibovespa despencou em 4,87%, chegando a 112.667,70 pontos e a Petrobras perdeu R$ 74,2 bilhões em valor de mercado, com queda de 20% nas ações negociadas na bolsa de valores brasileira.

Últimas notícias