Doria cancela viagem para Miami após vice anunciar que está com Covid-19

Governador tiraria férias de 10 dias "para se dedicar à família". Viagem após adoção de mais medidas restritivas lhe rendeu críticas

atualizado 23/12/2020 14:56

governador João DoriaFábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria, informou, em suas redes sociais, que cancelou viagem à Miami. O governador tinha anunciado que tiraria 10 dias de licença para se dedicar à família. Ele seria substituído pelo vice-governador Rodrigo Garcia. Garcia tinha anunciado que testou positivo para Covid-19 e que  “permaneceria cumprindo agenda virtual de trabalho”, segundo a assessoria do governo.

Doria já teria embarcado com a mulher, Bia Doria, para Miami, onde ficariam para o Natal e o Réveillon e retornariam ao Brasil na madrugada de 3 de janeiro, de acordo com informações publicadas pela revista pela Revista Oeste.

O governador comunicou na segunda-feira (21/12), durante coletiva de imprensa, que se afastaria por 10 dias “para se dedicar à família, pois se ausentou desse convívio durante o combate à pandemia do coronavírus”.

Na terça, o governo anunciou que todo o estado de São Paulo ficará na fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo em 25, 26 e 27 de dezembro e em 1°, 2 e 3 de janeiro. Com isso, só os serviços essenciais estão autorizados a funcionar neste período de Natal e Réveillon.

Internautas ficaram revoltados com a viagem de Doria após o anúncio de medidas restritivas no estado de São Paulo.

 

Últimas notícias