De novo sem máscara, Bolsonaro fala com militantes no Palácio da Alvorada

Presidente interagiu com apoiadores mais uma vez sem usar a máscara, que é item de uso obrigatório no DF para conter o coronavírus

Bolsonaro no AlvoradaSuzano Almeida/Metrópoles

atualizado 24/05/2020 18:13

Pela segunda vez neste domingo (24/05), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) interagiu com apoiadores sem usar a máscara, obrigatória em locais públicos de Brasília para ajudar a conter a pandemia de coronavírus.

O presidente falou com apoiadores na portaria do Palácio da Alvorada no fim desta tarde e participou da cerimônia de recolhimento da bandeira nacional, que é hasteada pela manhã todos os dias.

Parte dos manifestantes pôde ficar mais perto de Bolsonaro, sem as amarras do cercadinho do Palácio da Alvorada. São influenciadores digitais levados ao local pelo deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ), um dos parlamentares mais próximos a Bolsonaro.

Bolsonaro não falou com os jornalistas.

Mais cedo, o presidente cumprimentou apoiadores que fizeram uma manifestação na Praça dos Três Poderes em apoio ao governo federal e com críticas a autoridades de outros Poderes.

0

Três panelaços
No sábado, Bolsonaro fez um passeio por Brasília e provocou reações de apoio e de protesto. Ele visitou o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, seu filho mais novo, Jair Renan, e comeu um cachorro quente na 104 Norte.

Nos três locais o presidente foi tietado, mas também foi alvo de xingamentos e panelaços.

Últimas notícias