Covid: prefeituras cancelam Carnaval em cidades turísticas de Goiás

Conforme levantamento de associação de municípios, cidades como Caldas Novas e Pirenópolis não pretendem realizar festas públicas este ano

atualizado 11/01/2022 12:35

Vista da cidade de PirenópolisJP Rodrigues/ Especial para Metrópoles

Goiânia – Com o avanço dos casos de Covid-19 em cidades de Goiás, eventos públicos de Carnaval estão sendo cancelados pelas prefeituras. A Associação Goiana dos Municípios (AGM) fez uma pesquisa com os prefeitos de alguns locais turísticos do estado e descobriu que a maioria já decidiu por não promover eventos com dinheiro público este ano.

Foram pesquisadas prefeituras de cidades como Caldas Novas, Aruanã, Porangatu, Cidade de Goiás, Pirenópolis  e Minaçu. Todas elas são destinos que atraem milhares de turistas e foliões todos os anos, durante o Carnaval.

Caldas Novas

Em Caldas Novas, segundo a AGM, ao contrário do que chegou a dizer ao Metrópoles, em novembro, o secretário de Turismo da cidade, Daniel Ribas, a prefeitura decidiu por não realizar evento público.

Até o final do ano passado, conforme o secretário de Turismo, a posição era de que o município teria Carnaval em 2022, com financiamento da prefeitura. A festa se chamaria Carnaval Antigo e seria realizada em praça pública.

O casos de Covid, no entanto, aumentaram significativamente em Caldas Novas e acendeu o alerta das autoridades sanitárias. A prefeitura, conforme a AGM, aguarda mais orientações do Comitê de Enfrentamento à Pandemia.

0

Pirenópolis

Em Pirenópolis, roteiro cativo do público do Distrito Federal, o prefeito Nivaldo Melo (PP) informou à AGM que já “bateu o martelo” e que a prefeitura não promoverá festas, durante o feriado de Carnaval.

Em relação aos eventos privados, a informação repassada por ele à Associação é de que a decisão só será tomada na próxima semana, após uma reunião com o Comitê Municipal de Saúde, responsável pelas questões relacionadas à Covid.

Cidade de Goiás

Na antiga capital do estado, que também é destino de turistas no período carnavalesco, a prefeitura recomenda a não realização de eventos, mas a permissão para bailes privados, segundo o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Borges Santana, segue, desde que cumpridas todas as normas já definidas.

Entre as regras estipuladas, até o momento, estão as estratégias de distanciamento, público limitado e, agora, exigência de passaporte da vacina.

Minaçu

Em Minaçu, o prefeito Carlos Alberto Leréia informou à AGM que também não promoverá eventos públicos. “Não podemos correr riscos, já que especialistas alertam quanto a possibilidade de um aumento de contaminação pela nova variante da Covid, inclusive, podendo gerar novas variantes. Temos que nos precaver”, disse ele.

Jaraguá

A Prefeitura de Jaraguá, cidade que também atrai turistas no período de Carnaval, publicou nesta terça-feira (11/1) novo decreto de medidas de controle e prevenção da Covid-19.

Nele, a administração local, suspende todas as festividades relacionadas ao Carnaval, inclusive as festas privadas. Assim como outros municípios goianos, a cidade enfrenta aumento acelerado de casos da doença entre a população local.

Outras cidades

A AGM não divulgou se consultou outras cidades turísticas do estado como Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e Rio Quente, além de Uruaçu, que normalmente recebe muitos visitantes no Carnaval.

Mais lidas
Últimas notícias