Coveiro usava cemitério como ponto de venda de drogas e armas

Caso ocorreu no distrito de Buenos Aires, interior de Pernambuco. Suspeito de 39 anos foi preso pela Polícia Civil

atualizado 01/08/2021 14:59

Buenos Aires PernambucoCâmara de Vereadores de Buenos Aires (PE)

Um coveiro de 39 anos foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco dentro do cemitério. Isso porque ele usava o local de trabalho para traficar drogas e vender armas de fogo, segundo o G1.

O caso ocorreu em Lagoa do Outeiro, um distrito do município de Buenos Aires, na Zona da Mata de Pernambuco. A prisão foi nesse sábado (31/7), mas as investigações são desde dezembro de 2020.

Não é a primeira vez que o coveiro tem problemas com as autoridades. Fábio José da Silva já era investigado como suspeito de três homicídios.

Fábio foi levado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), na cidade de Abreu e Lima, Região Metropolitana de Recife.

Últimas notícias