metropoles.com

Com avanço da Ômicron, STJ avaliará retorno ao trabalho remoto

A Corte Superior marcou sessão extraordinária para deliberar sobre o tema no próximo dia 1º de fevereiro

atualizado

Compartilhar notícia

Felipe Menezes/Metrópoles
STJ
1 de 1 STJ - Foto: Felipe Menezes/Metrópoles

​O Superior Tribunal de Justiça (STJ) vai reavaliar o retorno ao trabalho presencial. A Corte publicou, no Diário da Justiça eletrônico (DJe), desta quinta-feira (20/1), a convocação para uma sessão extraordinária do Pleno, às 16h do dia 1º de fevereiro, a fim de discutir o tema.

A sessão do Pleno ocorrerá de forma híbrida e começará logo após a sessão da Corte Especial que marca o início do ano judiciário no STJ. A convocação foi assinada pelo vice-presidente, ministro Jorge Mussi, no exercício da presidência.

O retorno das atividades presenciais na Corte – entre elas, as sessões de julgamento – foi definido pelo STJ no dia 21 de outubro. Na ocasião, os ministros citaram a queda do número de infectados e mortos pela Covid-19 como fatores que permitiriam a medida.

Diante do aumento dos casos de Covid-19 no Brasil e no mundo, provocado pela variante Ômicron, e após diálogo com o presidente do tribunal, ministro Humberto Martins, e demais ministros, o vice-presidente Jorge Mussi considerou adequada a convocação da sessão extraordinária para nova deliberação sobre o assunto.

Jorge Mussi ressaltou que os presidentes de colegiados do STJ – Turmas e Seções – têm autonomia para determinar medidas de contenção à Covid-19.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações