Cinco suspeitos são presos por morte de jovem após briga em Goiás

Polícia Civil diz que crime foi praticado em distribuidora de bebidas, improvisada como bar, em Goianira, na região metropolitana de Goiânia

atualizado 30/04/2021 12:19

Divulgação: Ascom/PCGO

Goiânia – A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu, na manhã desta sexta-feira (30/4), cinco suspeitos de envolvimento no homicídio de um jovem de 26 anos, em Goianira, na região metropolitana de Goiânia, após uma briga em distribuidora de bebidas. A arma do crime foi apreendida na casa de um deles.

De acordo com a investigação, Murilo José Miguel da Silva foi assassinado no Setor Limoeiro, na periferia da cidade, no dia 26 de fevereiro. O fato ocorreu depois que ele discutiu com um casal na distribuidora de bebidas, que é usada como bar improvisado. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados.

A briga ocorreu, segundo a polícia, porque a vítima se envolveu em uma briga com um casal, depois de desavenças no local. Dias depois, de acordo com a delegada, o casal encomendou o assassinato do jovem para se vingar.

A investigação aponta que o executor, definido pelo casal, contou com a ajuda de outro suspeito para criar uma emboscada e atrair a vítima ao local do crime.

Além de prender os suspeitos, a polícia também cumpriu cinco mandados de busca e apreensão nas casas dos suspeitos.

A arma foi localizada na posse de uma quinta pessoa investigada, dentro de um colchão na casa dela, e que foi presa por posse ilegal de arma de fogo.

A reportagem não localizou os contatos da defesa dos suspeitos, já que os nomes deles não foram divulgados.

Últimas notícias