Cansada de ver a filha ser agredida, sogra mata genro em Minas Gerais

A gota d’água, segundo a Polícia Militar, teria sido uma ameaça que o homem proferiu contra a sogra

atualizado 13/07/2020 16:39

Uma mulher de 59 anos resolveu colocar fim às agressões sofridas pela própria filha ao matar o genro na noite desse sábado (11/7). A gota d’água, segundo a Polícia Militar, teria sido uma ameaça que o homem proferiu contra a sogra, ao dizer que também lhe “daria uma surra”. O caso ocorreu em um povoado no interior de Minas, no Vale do Mucuri.

O distrito onde ocorreu o crime chama-se Água Quente, no município de Águas Formosas. Por volta das 19h de ontem, o homem de 43 anos começou a discutir com a esposa, também de 43, e a sogra. Em um determinado ponto da briga, ele ameaçou a mãe da companheira ao afirmar que também “daria uma surra” nela.

Leia a reportagem completa em BHAZ, parceiro do Metrópoles. 

Últimas notícias