Candidato é esfaqueado ao trair amante em Mato Grosso do Sul

Candidato a deputado federal, Saulo Batista (Republicanos) foi socorrido com cortes no tórax, mas fugiu do hospital

atualizado 26/09/2022 20:16

foto colorida de homem e mulher Reprodução/Topmídia News

A Polícia Civil apurou que o esfaqueamento do candidato a deputado federal, Saulo Batista (Republicanos), na manhã desta segunda-feira (26/9) em Campo Grande (MS), ocorreu por causa de uma briga com amante. Ele levou um golpe no braço e foi socorrido.

De acordo com o 1º Distrito Policial, Batista teria uma amante, identificada como Daisa. Segundo o boletim de ocorrência, eles discutiram pela manhã, e depois testemunhas viram o candidato ensanguentado.

Conforme a Santa Casa, Saulo foi socorrido pelo Samu e deu entrada com marcas de facadas e arranhões na região do tórax. Ele não esperou o atendimento ser finalizado e fugiu à tarde.

Veja mais informações no Topmídia News, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias