Bolsonaro pede para presidente italiano liberar entrada de brasileiros

Pelas regras do governo da Itália em vigor, brasileiros não podem entrar no país a turismo, apenas a trabalho ou urgências de até 120 horas

atualizado 29/10/2021 17:48

Presidente Jair Bolsonaro na ItáliaJosé Dias/PR

Enviado especial a Roma – Em encontro bilateral nesta sexta-feira (29/10), em Roma, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu ao presidente italiano, Sergio Mattarella, a liberação da entrada de brasileiros em geral na Itália.

Segundo o Metrópoles apurou com auxiliares presidenciais que acompanharam o encontro, Bolsonaro “pediu reciprocidade” ao seu homólogo, uma vez que a entrada de italianos no Brasil está liberada.

Pelas regras do governo da Itália em vigor, brasileiros não podem entrar no país para turismo. Só é permitido entrar na Itália a trabalho ou por necessidade urgente por até 120 horas.

No encontro bilateral, realizado na residência oficial de Mattarella, os dois presidentes conversaram ainda sobre a relação entre os dois países. Bolsonaro também mencionou sua origem italiana.

Na segunda-feira (1º/11), Bolsonaro visitará a cidade de Pádua, no norte da Itália, região onde seu bisavô paterno teria nascido. Lá, terá encontro com parentes e receberá o título de Cidadão Honorário.

Mais lidas
Últimas notícias