Bolsonaro faz motociata e participa de evento evangélico em Goiânia

Presidente da República está presente na capital goiana para participar da Convenção Nacional de Madureira, da igreja Assembleia de Deus

atualizado 27/05/2022 13:53

Motociata com Jair Bolsonaro (PL) em GoiâniaCleomar Almeida/Metrópoles

Goiânia – Com forte esquema de segurança e ao som de músicas em ataques a Lula (PT), o presidente Jair Bolsonaro (PL) desembarcou, na manhã desta sexta-feira (27/5), no Aeroporto Santa Genoveva, na capital goiana. Ele iniciou uma motociata seguida por centenas de veículos. Ele seguirá por 15 km para um culto da Convenção Nacional das Assembleias de Deus (Conamad). na região do Setor Campinas.

Na região do aeroporto, ambulantes aproveitaram para vender bandeiras, camisetas e objetos alusivos ao Bolsonaro. Inúmeros apoiadores se amontoaram próximos à grade por onde o presidente passou para tentar cumprimentá-lo ou tirar uma foto.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
0

Motociata

Vestidos de camisetas com rosto de Bolsonaro estampado, centenas de apoiadores seguiram o presidente pelas ruas, que está em uma moto. Com ele está o pré-candidato ao governo do estado, deputado federal Major Vitor Hugo (PL). Bolsonaro usa um capacete que não é aprovado pelos órgãos de trânsito e o parlamentar saiu sem capacete.

Agentes de trânsito de Goiânia, policiais federais, rodoviários federais e militares organizam o comboio.

A motociata provocou pontos de congestionamento ao longo do trajeto até a região do Setor Campinas.

Pelo caminho, apoiadores se posicionaram para acenar e gritar à passagem de Bolsonaro e comitiva.

No carro de som, o animador gritava palavras de ordem e falava coisas como: “Isso aqui é pesquisa mesmo. Isso aqui não é DataFolha, Ibope. Isso aqui é o povo que está com Bolsonaro. Chega de comunistas. Chuuupa, esquerdistas!”.

Além disso, apoiadores de Bolsonaro atacaram institutos de pesquisa do lado de fora da igreja onde ocorre o evento. “Aqui não tem Datafolha”, gritam, enquanto aguardam o presidente sob sol forte.

Deboche

O próprio Bolsonaro zombou do Datafolha na saída do evento. Ao ser questionado por jornalistas sobre a última pesquisa, que mostra Lula com 48% no primeiro turno contra 27% para ele, debochou do resultado.

“Vocês acreditam em Datafolha? Pelo amor de Deus”, afirmou. “Afinal de contas, a Folha diz que os evangélicos estão divididos. É isso mesmo? Sem comentários”.

Homenagem de Gusttavo Lima

Chamou a atenção na região por onde o presidente passou a presença de um helicóptero sobrevoando os locais. A aeronave está plotada com a bandeira brasileira e elementos em homenagem a Jair Bolsonaro.

Há, inclusive, uma foto no presidente batendo continência logo abaixo das hélices.

O helicóptero pertence ao Frigorífico Goiás, empresa do cantor Gusttavo Lima, apoiador declarado e amigo de Bolsonaro e família.

Evento

A convenção Madureira reunirá todos os presidentes das Assembleias de Deus de Madureira do país. O evento começou na quarta-feira (25/5) e vai até sábado (28/5).

Bolsonaro está acompanhado do Major Vitor Hugo e do ex-senador Wilder Morais. O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) esteve na abertura do evento na quarta (25/5) e também foi convidado para a sexta, mas não compareceu.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias