Barrado por Instituto Federal do Paraná, Boulos faz palestra na rua

Convidado por centro acadêmico da entidade, o psolista foi impedido de falar dentro do prédio por ordem da direção

Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

atualizado 10/08/2019 16:18

O Instituto Federal do Paraná (IFPR) vetou uma palestra com Guilherme Boulos (PSol-SP), candidato derrotado à Presidência em 2018, agendada pelo centro acadêmico da entidade na manhã desta sexta-feira (09/08/2019). O evento estava marcado no auditório da instituição e acabou acontecendo na rua, em frente ao prédio.

À Folha de São Paulo, a entidade informou que a medida foi preventiva, tendo em vista que está em processo de consulta eleitoral para os cargos de reitor e diretor-geral do campus. A nota ainda argumentou que o regulamento do IFPR “veda, sob qualquer pretexto, a vinculação com partidos políticos”.

Um dos candidatos a reitor do instituto ajuizou a ação questionando a realização de eventos de cunho político no IFPR. Depois de consulta à procuradoria da entidade, o evento foi cancelado. O psolista decidiu, então, fazer sua fala na rua.

“É lamentável que isso venha de um procurador do Instituto Federal. É lamentável que isso conte com o respaldo desse cidadão que hoje ocupa o MEC. Mas eles vão ter que tentar outro caminho porque esse não deu certo” disse o político à Folha.

Pelo Twitter, o ministro da Educação Abraham Weintraub comemorou a decisão. “O Brasil está mudando! Essa ‘tigrada’ precisa saber que os brasileiros acordaram!”, escreveu.