Atos contra Bolsonaro são realizados em países da Europa e no Japão

Vídeos compartilhados em redes sociais mostram manifestações em países como Áustria, Holanda, Portugal e Japão

atualizado 24/07/2021 15:04

Protesto contra Bolsonaro na EuropaReprodução/Midia Ninja

São Paulo – Neste sábado (24/7), manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também estão sendo realizadas fora do Brasil. Vídeos registram protestos países da Europa, Ásia e na América Latina.

Publicações nas redes sociais mostram atos realizados em cidades como Viena, na Áustria, em Haia, na Holanda e Lisboa, em Portugal, e em Tóquio, no Japão.

De acordo com a Central de Movimentos Populares (CMP), um dos organizadores dos protestos, estão marcadas 488 manifestações, no país e no exterior.

Algumas cidades tiveram protestos iniciados ainda durante a manhã, como o Rio de Janeiro, enquanto em outras, os atos devem iniciar às 15h, como é o caso de São Paulo e Brasília.

As primeiras grandes manifestações contra Bolsonaro começaram em maio, se repetiram em 19 de junho e 3 de julho, todas com o apoio de movimentos sociais e partidos e políticos de esquerda. Nas redes sociais, manifestantes e grupos de esquerda estão publicando vídeos e fotos dos protestos, usando a hashtag #24JForaBolsonaro.

 

Últimas notícias