Apesar da sonda, Iris Rezende já se alimenta sozinho, diz filha

Ex-governador de Goiás e ex-prefeito de Goiânia está internado em São Paulo; ele sofreu um AVC hemorrágico no dia 6 de agosto

atualizado 22/09/2021 18:28

Iris Rezende (MDB), político, ex-governador de Goiás e ex-prefeito de GoiâniaPrefeitura de Goiânia

Goiânia – O ex-governador de Goiás e ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende, de 87 anos, já se alimenta sozinho, apesar do uso da sonda. Por meio das redes sociais, a filha dele, Ana Paula Craveiro, falou sobre o estado de saúde o pai. Segundo ela, na terça-feira (21/9), o ex-governador teve um dia ativo, “com exercícios de fisioterapia, caminhada pelo corredor”. Ele se recupera de um AVC hemorrágico sofrido no dia 6 de agosto.

“Ontem meu pai teve um dia ativo, com exercícios de fisioterapia, caminhada pelo corredor. Se alimentou sozinho e ainda utiliza a sonda para complementação da dieta. Hoje passou o dia mais sonolento, mas a evolução é contínua. Tenho certeza que as orações de cada um têm contribuído demais. Muito obrigada pelo apoio de todos!”, disse ela na publicação.

0

Iris Rezende está internado no hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or, desde o dia 31 de agosto. Ele foi transferido para a capital paulista a pedido das filhas. O traslado ocorreu no mesmo dia em que ele retornou à UTI do Hospital Neurológico (Instituto de Neurologia de Goiânia), em Goiânia.

A expectativa era que Iris fosse para o quarto no último dia 15, mas Ana Paula disse que ele passou o dia sonolento e “a equipe médica, por precaução, decidiu mantê-lo monitorado por mais alguns dias na UTI”.

AVC Hemorrágico

Iris Rezende ficou internado 26 dias no Instituto de Neurologia de Goiânia, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico. Ele foi transferido para São Paulo após voltar à UTI em Goiânia para um monitoramento hemodinâmico. Conforme a assessoria, o pedido de transferência foi feito pela família do político. As filhas, Ana Paula e Adriana, acompanharam o pai.

Iris Rezende foi internado no dia 6 de agosto depois de sentir fortes dores de cabeça. Após exames e o diagnóstico de AVC hemorrágico, ele passou por cirurgia, no mesmo dia, para conter o sangramento. Segundo a equipe médica, o procedimento foi bem sucedido.

Desde então, o ex-prefeito já recebeu alta da UTI duas vezes. Após 10 dias de tratamento intensivo, no dia 16/8, ele foi para o quarto pela primeira vez. Já no dia 21, Iris teve um quadro convulsivo e arritmia cardíaca e, por isso, foi novamente levado para a UTI, onde foi também intubado. Rapidamente, melhorou e voltou para o quarto dois dias depois.

Carreira

Iris encerrou a carreira política em dezembro de 2020, ao concluir o quarto mandato como prefeito de Goiânia. Por mais de seis décadas, atuou na vida pública.

De líder estudantil, no fim do anos 1950, a ministro da Agricultura no governo Sarney e da Justiça, no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), foi, além de prefeito de Goiânia, deputado estadual, governador de Goiás e senador.

Foi aliado histórico de Maguito Vilela, prefeito eleito de Goiânia, em 2020, e vitimado pela Covid-19 em janeiro deste ano.

Últimas notícias