Anthony Garotinho anuncia que não vai concorrer ao governo do Rio

Decisão tomada pela liderança do União Brasil ocorre no momento em que ex-governador brigava na Justiça para tentar derrubar inelegibilidade

atualizado 19/07/2022 21:15

Anthony Garotinho Divulgação

Rio de Janeiro – O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (União Brasil) anunciou nesta terça-feira (19/7) que não vai mais concorrer ao governo do estado.

A decisão, tomada pelas lideranças do União Brasil, ocorre no momento em que o ex-governador brigava na Justiça para tentar derrubar a inelegibilidade devido a uma condenação por improbidade administrativa na Operação Chequinho.

Ele chegou a ter vitória no Superior Tribunal de Justiça, mas em seguida foi derrotado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio e viu uma decisão desfavorável do Supremo Tribunal Federal.

Também ficou decidido que o ex-governador não terá a obrigação de apoiar o governador Claudio Castro (PL) na disputa pela reeleição.

“Garotinho decidirá até a próxima sexta-feira se será candidato a deputado federal, estadual ou a nenhum cargo”, acrescenta a assessoria do político.

Por outro lado, o partido acertou a pré-candidatura da deputada federal Clarissa Garotinho ao Senado.

 

Mais lidas
Últimas notícias