Alexandre Garcia, 80 anos, recusou-se a ser vacinado contra a Covid

Jornalista repetiu, em entrevista a uma rádio, discurso negacionista desmentido por pesquisas científicas e pela Anvisa

atualizado 05/10/2021 17:47

jornalista alexandre garciaReprodução/Redes sociais

As vacinas contra a Covid-19 estão desempenhando um papel fundamental para frear a tragédia sanitária que já tomou do Brasil pelo menos 598.152 vidas. Com 51,5% dos brasileiros com 12 anos ou mais totalmente imunizados, as curvas de casos e de mortes pelo coronavírus estão caindo, com a média móvel de falecimentos tendo baixado para menos de 500 por dia – o que não deixa de ser uma boa notícia, mas que mostra que ainda há um longo caminho a ser trilhado rumo ao fim da pandemia.

Pesquisa recém divulgada pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) com acompanhamento de mais de 75 milhões de pessoas imunizadas indicou que as vacinas mais aplicadas no país são efetivas na proteção contra infecção, hospitalização e óbito, considerando o esquema vacinal completo (duas doses): AstraZeneca/Fiocruz, com 90% de proteção, e CoronaVac com 75%. Ainda assim, há brasileiros, alguns deles com forte influência sobre a população, que negam a vacinação, mesmo estando em grupos de maior risco de morte caso peguem a Covid-19.

É o caso do jornalista Alexandre Garcia, que tem 80 anos e é seguido por 2,3 milhões de pessoas em seu canal no YouTube – que cresceu fortemente após a demissão do profissional dos quadros da CNN por causa de uma série de comentários negacionistas sobre a pandemia.

Em entrevista ao também jornalista Augusto Nunes, na rádio Jovem Pan, Garcia revelou nesta terça-feira (5/10) que não se vacinou contra a Covid-19.

0

O comunicador disse não acreditar que a redução no número de casos e de mortes pela doença se deve ao avanço da vacinação e afirmou que a melhora no cenário se deve aos anticorpos dos que já contraíram a doença – o que é desmentido por estudos como o da Fiocruz.

Garcia também disse que as vacinas são “experimentais”, ecoando o discurso do empresário Otávio Fakhoury na CPI da Covid-19 na semana passada, desmentido imediatamente pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Sem vacina – e, muitas vezes, sem máscara –, Alexandre Garcia frequenta aglomerações como eventos no Palácio do Planalto e as missas dominicais no Mosteiro de São Bento, em Brasília.

Últimas notícias