Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Senador do MDB, ex-PDS, pode virar o nome de Lula para o governo de SC

Dário Berger está perto de fechar com o PSB e há chances de vir a ser o candidato da esquerda na sucessão estadual

atualizado 29/12/2021 22:18

Senador Dário Berger Reprodução \ Senado Federal

O senador Dário Berger (MDB-SC) tem de tudo um pouco no seu currículo político, exceto qualquer vaga lembrança de proximidade com algum partido de esquerda. Ele já foi filiado ao PDS, partido criado em 1980 e que deu sustentação ao regime militar, e passou por legendas como PFL, PL e PSDB, até chegar ao MDB, em 2007, e ali está até hoje.

Berger, agora, está prestes a se filiar ao PSB, nessa ação do partido em levar nomes competitivos e que possam estar disponíveis para compor chapa. O processo está adiantado. O senador já se reuniu com a bancada e direção do partido em Brasília.

Sem candidato forte para disputar o governo de Santa Catarina, o PT pode fechar com Berger, se ele for mesmo para a legenda socialista. Seria mais um nome do pacote que pode ser fechado na esquerda, que envolve ida de Geraldo Alckmin também para o PSB.

Berger já foi prefeito cinco vezes em seu estado, duas vezes de Florianópolis. Seu mandato de senador acaba nesta legislatura.